Fletcher Pilates

Um pouco da história de Ron Fletcher

Ron Fletcher passou sua infância no Missouri ,quando moço ele se mudou primeiramente para Saint Louis e depois teve uma oportunidade de trabalhar em New York. Lá ele trabalhou no departamento de publicidade  de  uma loja de departamento a Sak´s na 5th ave.

Ron começou a frequentar o estúdio de Martha Graham .Nesta época Ron precisava trabalhar muito para fazer dinheiro e recebeu várias propostas , foi quando trabalhando 7 dias por semana  num espetáculo chamado Lute Song teve um problema no joelho . Foi nesta época que ele ficou sabendo do trabalho de Joseph Pilates . Foi então até seu estúdio para ver se Joe conseguia lhe ajudar de alguma forma.

Ron gostou muito do trabalho de Joseph Pilates mas viajava muito a trabalho ora em Las Vegas ora em Paris mas sempre que voltava a NY ia  praticar em seu estúdio.

Ron então começou a trabalhar como coreógrafo no Ice Capades um show sobre patins que se tornou mundialmente famoso

Ron se mudou novamente para New York e foi aí que se tornou intimo de Clara Pilates. Ron dizia que Joe era o gênio mas que Clara era a disseminadora do método, era ela quem gostava de ensinar os outros a ensinar.

Clara foi quem deu incentivo e confiança a Ron para abrir seu primeiro estúdio. Ron então se mudou para  a California e foi numa área glamorosa  em Beverly Hills que ele começou seu trabalho na costa Oeste dos Estados Unidos que se chamava “ The Ron Fletcher Company for Body Contrology .“

Os artistas de Hollywood começaram a procurar o seu estúdio e foi a propaganda de boca a boca que fez seu estúdio ganhar fama.A partir de então com a ajuda de Diane, que se tornou professora no seu estúdio, que ele começou a desenvolver e a  evoluir o método  criando o Percusive Breath , o Towel work , o Barrework e o Floorwork.

Quando Ron abriu seu estúdio em Beverly Hills conseguiu alcançar uma repercussão maior que a do próprio Pilates, que na época já havia morrido, porque as estrelas de Hollywood começaram a frequentar e a fazer uma ótima propaganda do seu trabalho.

Ron sempre dizia que tinha  uma obrigação e uma responsabilidade muito grande com Clara e Joe de sempre manter no trabalho o conceito e a filosofia do método mas que também a vida evoluía e que o método também deveria evoluir.

 O Método Fletcher

O método em si precisa de muita atenção por parte do aluno pois  tem uma precisão , disciplina e uma especificidade própria mas que quando bem empregadas levam a liberdade e a um corpo mais eloquente que tem a capacidade de se exprimir mais facilmente.

Ron dizia que seu trabalho consistia em focar mais a consciência  no que era movimento e que o uso do espaço era muito importante pois só assim poderíamos  adquirir um corpo harmonioso onde os quatro elementos  corpo , mente , respiração e espírito trabalhariam juntos  para tocar uma bela sinfonia.

O método Fletcher além de trabalhar todo o corpo trabalha também com a respiração percussiva que dá um espírito diferente ao trabalho. O trabalho tem base na dança e trabalha com uma grande precisão nos movimentos que estão sendo feitos.

As pessoas que faziam seu programa em workshops começaram a pedir uma certificado de conclusão e desde então se iniciou oficialmente o treinamento para pessoas no método Ron Fletcher com certificação regulamentada.

Hoje em dia seu método está sendo difundido em vários países ao redor do mundo pela Body Works Pilates Inc. e pelo Body works Pilates Studios que foram fundados em 1993  pela atual diretora Kyria Sabin e o próprio Ron Fletcher.

Uma frase de Ron Fletcher :

“ Life is movement and moviment is life “.

Bem vindos os “novos” aparelhos!

Ped-o-Pull

Entre os aparelhos criados por Joseph Pilates estão: Reformer, apelidado de Cama; Cadilaque, também conhecido como Trapézio;  Cher  ou“Cadeira,  Wall Unit ,  Guillotina,  Barrels e  Ped-o-Pul.

O Ped-o-Pul?!?!  Quem é esse?  Não encontramos aqui no Brasil muitos estúdios com este aparelho. É uma pena, pois se trata de um equipamento com possibilidades únicas no universo do Método Pilates. Este aparelho auxilia a desenvolver o alinhamento vertical do corpo e o equilíbrio. Os movimentos se concentram em trabalhar o complexo do ombro e do braço. Auxilia no ensino da estabilização escapular e é um excelente parceiro para reabilitar ombro e condicionar a região superior do corpo. Além de tudo isso, é um aparelho pequeno, que não ocupa muito espaço, questão sempre difícil no universo Pilates, onde precisamos no mínimo de 40m2 para colocar os equipamentos que, em geral, são grandes e necessitam de espaço entre eles para que os movimentos possam ser realizados.

Outro aparelho eficiente e com dimensões pequenas é o Spine Corrector, pelo qual Clara Pilates era entusiasmada e junto a Ron Fletcher, durante anos, pesquisou e desenvolveu um trabalho precioso.  É um equipamento, como a maioria dos barris, primoroso para alongar a coluna e os ombros de forma segura, estável e com suporte.

Ped-o-Pull2

Para fazer uma excelente dobradinha de estabilização e mobilidade, nada melhor do que um Ped-o Pul ao lado de um Spine Corrector.Que sejam bem vindos e muito aproveitados nossos “novos” parceiros de trabalho!!! Segue um artigo sobre como o Fletcher Pilates revolucionou o exercício físico.

Fonte: Studio Mariana Lobato